Reproduzir vídeo

Sobre as Bibliotecas

O Sistema de Bibliotecas da UNIG é composto por 05 (cinco) bibliotecas que têm como objetivo principal disponibilizar uma infra-estrutura básica de consulta, indispensável ao ensino, pesquisa e extensão da Universidade, oferecendo aos seus usuários os mais avançados recursos tecnológicos.

As Bibliotecas do Sistema funcionam de forma integrada sob a direção da Biblioteca Central onde é processado todo acervo.

A Biblioteca Central está subordinada à PROAC (Pró-Reitoria Acadêmica) e está sob a orientação da bibliotecária-chefe Eliane Campos da Silva de Oliveira – CRB-7: 004887/O – que é responsável pelo planejamento e desenvolvimento das bibliotecas da UNIG.

Acervo completo

O acervo do Sistema de Bibliotecas possui 85.748 exemplares distribuídos nas diferentes Bibliotecas das unidades. Este acervo é composto de livros, periódicos, monografias, fitas de vídeo, slides, DVD’S, CD-ROM e mapas.

Dinâmica de funcionamento

Através de terminais de computadores instalados nas bibliotecas, os usuários têm acesso a todo acervo do Sistema de Bibliotecas implantado na base de dados SISBIBLI. Esta base possui uma interface amigável permitindo um fácil acesso pelos usuários.

O acervo e empréstimo domiciliar estão informatizados.

O SISBIBLI encontra-se disponível no site da UNIG para consulta.

Os usuários da Biblioteca Central podem fazer reserva das obras nela existentes.

Pesquisa informatizada. On line: Bireme, Portal da Pesquisa – MedicinaNet, Portal COAD (ADV – Advocacia Dinâmica), Portal RT, Portal LEX e NOTADEZ INFORMAÇÕES (periódicos na Área Jurídica).

A Biblioteca Central oferece também serviços de comutação bibliográfica – COMUT, constitui-se em uma rede integrada de coleções bibliográficas que facilitam o uso da documentação e informação nacional e internacional, pelas bibliotecas integrantes, fornecendo fotocópia de partes de livros e de artigos de periódicos.

Apoio nos trabalhos acadêmicos e Elaboração da Ficha Catalográfica: Este apoio é oferecido pela Biblioteca Central através de seus Bibliotecários. Para a elaboração da ficha catalográfica de teses, dissertações e monografias, de acordo com as normas é só acessar a biblioteca no endereço www.unig.br e imprimir o formulário. Preencha-o e leve-o à biblioteca, para que as bibliotecárias elaborem a mesma no prazo máximo de 3 dias úteis.

Consiste na orientação e treinamento a toda comunidade acadêmica, apresentando todos os serviços prestados pela Biblioteca. Basta entrar em contato com a Biblioteca pelos telefones 2765-4097 ou 2765-4067 e fale com: Nestor Antonio de Sousa Soares (Bibliotecário-Chefe) ou Ana Lucia do N. Pinto da Silva (Secretária), das 8:00 às 12:00h e das 13:00 às 17:00h para agendar a visita. Os horários da visita é de 2ª a 6ª-feira das 9:00 às 11:00h, das 14:00 às 16:00h e das 19:00 às 20:30h.
OBS: Caso necessário, os serviços de reprografia são prestados em setor externo, próximo a Biblioteca Central.

A Biblioteca da UNIG funciona das 8:00 às 22:00h, de segunda à sexta-feira e sábados de 8:00 às 12:00h.

Podem se beneficiar de todos os serviços oferecidos pela biblioteca os alunos, funcionários e professores da UNIG, bastando para isso à apresentação do comprovante de vínculo com a instituição e do documento de identidade.

Para cumprir com os objetivos estabelecidos, foram determinados procedimentos de seleção do acervo bibliográfico e audiovisual que se embasam, primeiramente, na bibliografia básica e complementar constante nos Projetos Pedagógicos dos Cursos de Graduação e Pós-Graduação, e, em seguida, nas bibliografias básicas sugeridas pelas Comissões de Especialistas de Ensino da Secretaria de Ensino Superior do Ministério de Educação e do Desporto – CEE/SESU/MEC, em termos de livros e periódicos.

Complementando a seleção, são consideradas, sistematicamente, as sugestões encaminhadas pelos Coordenadores dos Cursos de Graduação e Pós-Graduação. As resenhas de livros constantes nos periódicos especializados bem como os catálogos de editores nacionais e internacionais são também avaliados.

Os usuários do Sistema de Biblioteca da UNIG têm acesso às facilidades, recursos e materiais de apoio da tecnologia da informação via provedor da UNIG, cujo endereço eletrônico é www.unig.br. Para tanto, a Biblioteca Central disponibiliza 25 (vinte e cinco) terminais de acesso à Internet e 04 (quatro) via Intranet, para consulta do sistema SISBIBLI, criado com o suporte do Núcleo de Informática daUNIG, estando disponível em linha o acervo do Sistema de Bibliotecas.

A política de atualização e renovação permanente da Biblioteca Central tem como objetivo a expansão não só do espaço físico, como dos recursos informacionais, em termos de qualidade e quantidade do acervo bibliográfico e audiovisual, dos recursos humanos, materiais, e dos produtos e serviços de informação. Para tanto, a UNIG, constantemente, vem investindo em sua Biblioteca Central, adequando seu acervo em quantidade e qualidade aos cursos de Graduação e Pós-Graduação, e contratando recursos humanos, aquisição de equipamentos, mobiliário, entre outros itens.

O plano de expansão do espaço físico do Sistema de Bibliotecas Setoriais da UNIG tem como objetivo facilitar o acesso ás fontes informacionais e disseminar o conhecimento no âmbito da comunidade universitária, em apoio aos programas de ensino, pesquisa e extensão da UNIG. O aumento constante de índice de frequência e consulta ao Sistema de Bibliotecas da UNIG estimula a contínua modernização dos produtos e serviços informacionais.

Apoio nos trabalhos acadêmicos e Elaboração da Ficha Catalográfica

Passo 1 de 2
(Escrever de forma legível, pois a ficha catalográfica será enviada para o e-mail informado)
1. Dados da monografia:
Bibliografia (aparece no final do trabalho):*
Da página
À página

Outras informações

Atendimento geral: 2765-4067   /   Bibliotecárias: 2765-4097

Resumo das instalações físicas em funcionamento na BC/1º semestre de 2006.

TÉRREO

Descrição - área em m²

  • Sala de rede - 2,05
  • Área total das salas de estudo em grupo - 93,38
  • Setor de internet - 87,75
  • Salão de estudo - 545,37
  • Subestação de energia - 14,00
  • Elevador - 1,95
  • WC (masculino e feminino) - 46,50
  • TOTAL DO TÉRREO - 791,00

No térreo, temos a entrada principal, escada e rampa, atendendo à legislação de acessibilidade às pessoas portadoras de deficiências.

Ao chegar, avista-se um mural para divulgação de informações gerais, destacando-se quadro de oportunidades de estágio.

No atual espaço destinado ao laboratório de informática, temos 25 terminais para navegação na Internet e 02 (dois) terminais para consulta local.

No salão de estudos dispomos de uma área total de 545,37m² com 50 mesas e com capacidade para 200 usuários.

Temos 06 (seis) salas para estudo em grupo com uma área total de 93,38m², que se destinam à realização de trabalhos, com capacidade de 05 (cinco) usuários em cada sala e ainda, 21 (vinte e uma) baias, para estudos individuais.


 

1º ANDAR

Descrição / área em m²

  • Circulação - 470,00
  • Acervo - 280,12
  • Sala administrativa - 12,90
  • Processamento técnico - 15,95
  • Área de lazer - 166,00
  • TOTAL DO 1º ANDAR - 944,97

No espaço destinado ao acervo temos uma área total de 280,12m², onde se encontram armazenados o acervo dos Cursos da FACET (Faculdade de Ciências Exatas e Tecnológicas), FAEL (Faculdade de Educação e Letras), FaCJSA (Faculdade de Ciências Jurídicas Sociais e Aplicadas), FaCBS (Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde) e os Cursos do IGRAT (Instituto de Graduação Tecnológica). Foram instaladas 13 câmeras para a segurança do acervo.

Para melhor atender aos alunos, dispomos de 03 (três) terminais para empréstimos e 02 (dois) para consulta local.

Quanto ao acesso ao 1º e 2º andar contamos com 01 (um) elevador e a tradicional escada, possibilitando o ir e vir de todos de forma igualitária.


 

2º ANDAR

Descrição / área em m²

  • Área de exposição - 563,57
  • Sala Apoio Cultural - 36,00
  • Área de lazer - 130,00
  • WC (feminino e masculino) - 32,50
  • TOTAL DO 2º ANDAR - 762,07

Funciona, neste andar, o Espaço Cultural Fabio Raunheitti, inaugurado no dia 11 de setembro de 2008. A sua criação visa antes de tudo servir o público interno e externo que possuam o interesse em conhecer a história do Município de Nova Iguaçu e da Universidade Iguaçu, com uma área total de 762,07m² assim distribuídas: área de exposição com 563,57m², sala de apoio cultural com 36,00m² e área de lazer com 130,00m².


Área total - 2.498,04 m²

TÍTULO I

CAPÍTULO I – Das Bibliotecas

Art. 1º As Bibliotecas da UNIG são o suporte informacional de incentivo ao ensino, à pesquisa e a extensão universitária e de apoio à administração superior se integrando à estrutura acadêmica administrativa da Universidade.

Art. 2º O acervo geral das Bibliotecas da UNIG constituir-se-á de toda a informação produzida e adquirida pela Universidade.

CAPÍTULO II – Da Organização

Art. 3º As Bibliotecas da UNIG compreendem:
01 Biblioteca Central
04 Bibliotecas Setoriais

TÍTULO II

CAPÍTULO I – Da Natureza e das Finalidades da Biblioteca Central

Art. 4º A Biblioteca Central da UNIG está diretamente subordinada à Pró-Reitoria. É a unidade coordenadora das Bibliotecas Setoriais, caracterizando-se como centro de referência de informações para sua clientela com atribuições de órgão central.

Art. 5º A Biblioteca Central orienta as atividades técnico-administrativas comuns às Bibliotecas Setoriais da UNIG que funcionam de forma sistêmica e estabelece normas gerais que as disciplinam, em concordância com o Regimento Geral da Universidade.

Art. 6º A Biblioteca Central tem como finalidade principal captar os recursos informacionais indispensáveis ao desenvolvimento dos programas de ensino, pesquisa e extensão em todos os segmentos de atuação da UNIG.

Art. 7º A Biblioteca Central articula os recursos financeiros e informacionais disponíveis de seu acervo geral, considerando as Bibliotecas Setoriais, a fim de preservar o equilíbrio entre as necessidades de informação de sua clientela e o potencial informativo de suas coleções.

Art. 8º A Biblioteca Central participa da dinâmica de transferência da informação, garantindo a liberdade de acesso às suas coleções para sua clientela, respeitadas as normas regulamentares de cada biblioteca.

Art. 9º A Biblioteca Central tem por finalidade específica coordenar e incrementar os acervos e serviços das bibliotecas setoriais.

CAPÍTULO II – Da Estrutura Organizacional da Biblioteca Central

Art. 10 A Biblioteca Central tem como estrutura básica;
Direção;
Serviços Técnicos e de Apoio.

SEÇÃO I – Da Direção

Art. 11 A direção da Biblioteca Central é exercida por Bacharel em Biblioteconomia.

Art. 12 O(a) bibliotecário(a)-chefe é designado de acordo com as normas vigentes no Estatuto e no Regimento Geral da Universidade.

Art. 13 O(a) bibliotecário(a)-chefe será substituído em suas faltas e impedimentos por Bibliotecário por ela indicado.

Art. 14 Compete o(a) bibliotecário(a)-chefe da Biblioteca Central:
a. dirigir a Biblioteca Central, cumprindo e fazendo cumprir as disposições regimentais em vigor,
b. assegurar o funcionamento das Bibliotecas Central e Setoriais em concordância com os objetivos e metas decorrentes da política de informação da UNIG;
c. propor os recursos orçamentários destinados à aquisição de material bibliográfico e equipamentos, assim como à preservação e à conservação do acervo das Bibliotecas Central e Setoriais;
d. administrar os recursos humanos e informacionais alocados nas Bibliotecas;
e. planejar, organizar, distribuir, supervisionar e avaliar as atividades desenvolvidas pelas Bibliotecas da UNIG;
f. promover o desenvolvimento dos recursos humanos alocados nas Bibliotecas da UNIG;
g. elaborar e encaminhar à Pró-Reitoria, de acordo com as normas estabelecidas, o planejamento das atividades e o relatório das Bibliotecas da UNIG;

SEÇÃO II – Dos Serviços Técnicos e de Apoio

Art. 15 Os serviços técnicos e de apoio compreendem:
a. Desenvolvimento do acervo;
b. Processamento documental;
c. Atendimento aos usuários.

Art. 16 O desenvolvimento do acervo compreende os serviços de seleção e aquisição e de registro e controle do acervo.

Art. 17 São atribuições do Serviço de Seleção e Aquisição.
a. avaliar periodicamente, a coleção de material bibliográfico da UNIG, tendo em vista os objetivos e as atividades da Universidade;
b. controlar a aquisição de material bibliográfico para as Bibliotecas da UNIG;
c. controlar a aquisição de material bibliográfico, por doação e/ou permuta em colaboração com as Bibliotecas da UNIG;

Art. 18 São atribuições do Serviço de Registro e Controle do Acervo;
a. promover o registro e as baixas do acervo documental;
b. coordenar o registro de doações e permutas, visando ao ingresso e baixas no acervo;
c. assessorar as Bibliotecas Setoriais na avaliação de doações e permutas, para fins patrimoniais;
d. distribuir documentos entre as Bibliotecas Setoriais, considerando suas especializações.

Art. 19 O processamento Documental compreende os Serviços de Processamento Técnico.

Art. 20 São atribuições do Serviço de Processamento Técnico.
a. avaliar os conteúdos documentais, determinando os pontos de acesso para a recuperação de informação utilizando o código de catalogação para normalizar os registros;
b. classificar documentos, utilizando códigos de classificação e determinando as entradas de assunto, com o apoio de vocábulos controlados;
c. coordenar a utilização de normas e padrões utilizados no ingresso da informação em bases de dados;
d. manter atualizados os catálogos da Biblioteca Central;
e. codificar as informações pesquisadas em instrumental específico;
f. orientar a digitação e gravação dos dados;
g. proceder à conferência visual, eliminando erros de codificação e de digitação.

Art. 21 O atendimento aos usuários compreende os Serviços de Referência.

Art. 22 São atribuições do Serviço de Referência:
a. orientar os usuários na localização de informações;
b. assistir e orientar os usuários quanto à indicação e ao manuseio das fontes de informação existentes na Biblioteca Central;
c. manter organizadas as coleções da Biblioteca Central, incluindo o acervo geral;
d. controlar a consulta e processar o empréstimo da coleção da Biblioteca Central, fazendo cumprir as normas previstas no regulamento interno;
e. assessorar e orientar os usuários da Biblioteca quanto às normas brasileiras de documentação.

TÍTULO III

Das Bibliotecas Setoriais

Art. 23 As Bibliotecas Setoriais caracterizam-se como unidades prestadoras de serviços em campos de conhecimentos específicos, atuando nas unidades de ensino em conseqüência da dispersão geográfica da Universidade.

Art. 24 As Bibliotecas Setoriais constituem-se de acervos coletivos e têm como finalidade principal atender às necessidades informacionais reais e potenciais da comunidade universitária.

Art 25 As Bibliotecas Setoriais situam-se nas dependências das unidades de ensino, por proximidade física ou por grau de especialização dos serviços prestados a sua clientela.

Art. 26º As Bibliotecas Setoriais são subordinadas técnica e administrativamente à Biblioteca Central.

Art. 27 As Bibliotecas Setoriais são supervisionadas por Bacharéis em Biblioteconomia.

Art. 28 São atribuições das Bibliotecas Setoriais:
a. manter organizados os seus acervos específicos, tendo em vista os campos de conhecimento e as atividades acadêmicas para as quais prestam serviços;
b. avaliar periodicamente o acervo, levando em consideração a formação de suas coleções;
c. orientar os usuários quanto às fontes de informações;
d. elaborar relatórios de atividades para alimentação de dados da biblioteca;
e. zelar pelos recursos sob sua responsabilidade.

TÍTULO IV

Das Disposições Gerais e Transitórias

Art. 29 Este regimento entra em vigor na data de sua aprovação.

Campus I – Nova Iguaçu

  • Biblioteca Central
  • Núcleo de Estudos Anexo ao Hospital Geral de Nova Iguaçu

Campus II – Mesquita

  • Farmácia Universitária

Campus III – Nova Iguaçu

  • Biblioteca do Escritório de Assistência Jurídica – ESAJUR

Campus IV – São João de Meriti

  • Biblioteca Setorial do Colégio Fluminense

Campus V – Itaperuna

  • Biblioteca do Campus Universitário
  • Biblioteca do Hospital São José do Avay
  • Biblioteca Setorial do Shopping Noroeste